Notícias, artigos e boletins

« Voltar

19 de Outubro de 2016

Fernando Eduardo Serec, CEO de TozziniFreire, concede entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo

Em entrevista publicada na coluna Primeira Pessoa, do jornal O Estado de S.Paulo (edição 17 de outubro de 2016), o sócio Fernando Eduardo Serec falou sobre o interesse dos chineses por ativos brasileiros e as oportunidades trazidas pela Lava Jato.

Fernando Eduardo Serec revelou que o ritmo tem sido intenso para TozziniFreire. De acordo com ele, os tempos de crise e desdobramentos da Operação Lava Jato, o trabalho mais do que dobrou. "O ano de 2016 tem apresentado muitos desafios. Não foi contido, mesmo com os Jogos Olímpicos e as eleições municipais, houve muita demanda", declarou.

Para Serec, os anos de 2017 e 2018 devem ser melhores do que este. 

O sócio explicou que, com a redução no valor dos ativos, o volume de operações de Fusões e Aquisições é crescente, como já estimava a Pesquisa TozziniFreire: Prespectivas para o Ambiente Jurídico e Econômico do País em 2016, publicada no começo deste ano.

Questionado sobre o interesse de investidores chineses por ativos brasileiros, Fernando Eduardo Serec revelou que os asiáticos estão muito atentos às oportunidades no País. "Recentemente trabalhamos para Three Gorges na operação de compra dos ativos da Duke Energy no Brasil", contou.

O CEO de TozziniFreire revelou que a Operação Lava Jato tem cada vez mais as empresas a adotarem e revisarem seus programas de Compliance. "Saímos na frente neste ponto, já que temos uma área [de Compliance] estruturada há mais de dez anos. Nossa equipe dedicada ao tema triplicou desde 2014", detalha.

O CEO de TozziniFreire revelou que os mudanças no País tem levado as empresas a adotarem e revisarem seus programas de Compliance. "Saímos na frente neste ponto, já que temos uma área [de Compliance] estruturada há mais de dez anos. Nossa equipe dedicada ao tema triplicou desde 2014", detalha.

Clique aqui para ler a notícia na íntegra.

 

 

 

« Voltar